quarta-feira, 11 de maio de 2011

Listas #5 - Novas versões para grandes clássicos da música italiana

Sempre que falamos do blog, procuramos logo deixar claro que se trata da música italiana "atual". Aliás, a ausência de um blog que tratasse do tema foi o que nos motivou a fundar o Música Italiana. Assim, o nosso foco é a música do país da bota de hoje. Contudo, sabemos que existem clássicos que são atemporais, como Nel blu di pinto di blu, por exemplo.

Por isso, a lista de hoje une o passado e o presente da Itália. Trata-se de uma seleção de cinco novas versões de grandes clássicos italianos interpretados por cantores da "atualidade", que tem nomes desde os já consagrados Laura Pausini e Eros Ramazzotti a jovem Malika Ayane. Confira!

1. Laura Pausini e Eros Ramazzotti - Nel blu dipinto di blu (1958, Domenico Modugno)

Não é todo mundo que reconhece essa música pelo seu real título, mas quando se fala em "Volare", não há quem nunca tenha escutado o seu refrão. No Sanremo de 2006, Laura Pausini e Eros Ramazzotti fizeram um lindo dueto da música orignalmente vencedora do Festival di Sanremo do ano de 1858. Ah, a gente nem liga que a Laura "entrou" errado na música. A interpretação é maravilhosa mesmo assim.




2. Malika Ayane - La prima cosa bella (1970, Nicola di Bari)
O leitor mais assíduo sabe que já falamos dessa música aqui, porém ela não poderia ficar de fora dessa lista. A nova versão da música na voz da cantora Malika Ayane foi lançada em 2010 e faz parte do álbum "Grovigli".




3. Antonino - E penso a te (1970, Mogol-Battisti, Bruno Lauzi foi seu primeiro intérprete)
Muitos dos grandes clássicos da música italiana foram escritos por Mogol e Battisti, por isso pelo menos um deles deveria compor a lista. Antonino regravou essa canção e a publicou no seu álbum de estreia, "Antonino" (2006). Outra regravação que merece nota é a realizada por Ornella Vanoni em 1986.





4. Aram Quartet - Per Elisa (1981, Alice - primeira intérprete)
A música, também vencedora do Sanremo, que tem como compositores Alice e Battiato, tem na sua letra o oposto da canção homônima de Beethoven. Esta Elisa é uma amante que toma os companheiros de outras mulheres, e nem ao menos é bela. A interpretação de Alice é incrível como se pôde ver no Amiche per l'Abruzzo, mas os rapazes do Aram Quartet (vencedores da primeira edição do X Factor italiano) não fizeram nem um pouco feio no cover de 2008.




5. Dolcenera - Sei bellissima (1975, Loredana Berté - primeira intérprete)
Que Loredana Berté interpreta como poucas é um fato. Mas a interpretação de Dolcenera no MusicFarm de 2005 foi um show a parte, e rendeu elogios da própria Berté que também participava do reality. A música faz parte do álbum Un mondo perfetto (2005), que além deste conta com outros covers como Pensiero stupendo (1978, Patty Pravo) e Lulù & Marlene (1989, Litfiba).

3 comentários:

Tchesco disse...

complimenti per il blog!

Veronica disse...

Grazie per le nuove versioni!

Thay disse...

Grazie Tchesco e Veronica!!!